Óleos Alimentares

O Município de Montemor-o-Velho disponibiliza 14 oleões no seu sistema de recolha municipal de óleos alimentares usados (OAU), cumprindo dessa forma a meta estabelecida para 2015, definida pelo Decreto-Lei n.º 267/2009 que regula a gestão de OAU em Portugal.

 

A disponibilização de um sistema de recolha municipal permite a otimização da higiene urbana e facilita o gesto de deposição de OAU à população, sensibilizando os munícipes para o problema ambiental decorrente da incorreta deposição deste tipo de resíduos.

 

Nesse sentido, a reciclagem e produção de biodiesel é o resultado da valorização destes resíduos, pretendendo-se com isso evitar a deposição dos mesmos na rede de drenagem de águas residuais e os consequentes problemas de funcionamento nas canalizações e ETAR’s, inclusive no tratamento, originados pelo excesso de gorduras na rede.

 

Um “simples” litro de óleo alimentar despejado no ralo da sua canalização doméstica é o suficiente para contaminar de uma só vez 1 milhão de litros de água!

 

Assim, é fundamental que os OAU sejam depositados seletivamente em contentores adequados para o efeito (oleões).

 

Método de acondicionamento:

- Após a sua utilização o óleo alimentar usado deverá ser arrefecido e livre de impurezas (restos de comida, água e outros)

- Acondicionar o óleo alimentar usado numa garrafa, de preferência plástica, nunca esquecendo de fechar muito bem a tampa

- Depositar o óleo alimentar usado acondicionado no interior do oleão

- Não podem ser depositados óleos de motores, transmissões ou de lubrificação, pois estes resíduos impedem a sua correta valorização

 

Verifique no mapa abaixo, a rede de recolha seletiva municipal.

 

Mapa Oleões:

 

Saber...