Roteiro Turístico de Montemor-o-Velho

Entre o rio e o monte

Montemor-o-Velho. Aqui o principal protagonista da paisagem continua a ser o Rio Mondego. São dele os verdes campos férteis, propícios aos arrozais que se estendem a perder de vista, outrora alagados pelo caudal devastador do rio.

 
Montemor-o-Velho

Monte-Mayor dos trovadores medievais tem a coroá-lo as ameias do seu castelo, um dos mais belos de Portugal. Uma antiga Vila cujos vestígios remontam à pré-história e que teve desde sempre uma grande importância sob o ponto de vista estratégico e económico.

 
Centro Histórico de Montemor-o-Velho

Mas não fique pela sede do Concelho. Por terras de Montemor-o-Velho, existe muito para descobrir pelas suas restantes 13 freguesias.

A marcar a diferença da paisagem está a região da Gândara que compreende as freguesias situadas no norte do Concelho, onde à custa de muito esforço dos seus habitantes, conseguiram tornar produtivas muitas destas terras pobres e arenosas: a batata, as pastagens e o pinhal marcam a paisagem rural da Gândara.

Ao redor da Vila de Montemor existem velhos burgos plenos de história e tradição, podendo o viajante admirar belas paisagens e imponentes peças da arquitectura que falam de um passado de gente gloriosa e onde impera o bom gosto e harmonia. Percorra as freguesias e conheça as Igrejas Matriz, Cruzeiros, paisagens, riquezas e curiosidades da Abrunheira, Arazede, Carapinheira, Ereira, Gatões, Liceia, Meãs do Campo, Pereira, Santo Varão, Seixo de Gatões, Tentúgal, Verride e Vila Nova da Barca.

Permita ainda que brindemos à sua visita e lhe ofereçamos as nossas delícias gastronómicas. Prove o arroz de lampreia, as papas laberças, o pato à moda do Mondego, o arroz malandro de cabidela, o sarrabulho, entre outras iguarias do nosso património gastronómico. Para a sobremesa delicie-se com a doçaria conventual, procurando assim a raiz histórica da presença e influência monástica neste espaço: são os papos de anjo, as barrigas de freira e as queijadas de Pereira; as espigas doces de Montemor; as queijadas e os pastéis de Tentúgal.

Saber...