Montemor-o-Velho associa-se à celebração do Dia das Nações Unidas e, no próximo sábado, a partir das 18h30, vai iluminar a Biblioteca Municipal Afonso Duarte de azul.
 
Respondendo positivamente ao desafio do Centro de Informação Regional da ONU para a Europa Ocidental “Europe Turns UN Blue”, o Município de Montemor-o-Velho vai colorir a sua Biblioteca com a cor das Nações Unidas, por forma a assinalar o 75º aniversário da ONU e transmitir uma mensagem de união entre os povos, promovendo uma linguagem de paz universal assente no desenvolvimento sustentável e no respeito pelos direitos humanos. Esta iniciativa pretende ainda veicular uma mensagem de esperança em tempos de incerteza, evidenciando o apoio aos valores e ideais da ONU.
 
Montemor-o-Velho e a BMAD integram, assim, a lista de mais de 180 edifícios e monumentos, em mais de 20 países da Europa Ocidental, participantes na comemoração do aniversário das Nações Unidas.
 
A Organização das Nações Unidas foi criada oficialmente em 1945, no dia 24 de outubro, com a ratificação da Carta das Nações Unidas. O documento fundamental da ONU marca o percurso global da História da Humanidade, comprometendo governos mundiais em torno da promoção da paz, do multilateralismo e dos direitos humanos, visando a cooperação e o desenvolvimento sustentável. Atualmente, a ONU é composta por 193 Estados-membros. O português António Guterres é o Secretário-Geral deste organismo desde 2016. 
 
#EuropeTurnsUNBlue #UN75 #UNDay

Conversas com sabor a canela
Participação dos escritores João Rasteiro, Inês Maomé, Manuela Ribeiro, Teresa Duarte Reis, com moderação de Sofia Henriques.

18 novembro/ 6ª-feira | 21h | Hotel Abade João | Montemor-o-Velho

Vitória, vitória! Assim começou o 3º Munda Lusófono - Encontro Literário de Montemor-o-Velho, no passado sábado, dia 15 de outubro. Um fim-de-semana pleno de estórias, músicas, ilustrações e magia no concelho de Montemor-o-Velho, na terceira edição do encontro literário que reuniu nacionalidades e culturas, sempre a uma só língua. 
Presente no evento, Diana Andrade, adjunta do Presidente da Câmara Municipal de Montemor-o-Velho, salientou "o percurso dinâmico do encontro com que ao longo destes três anos nos temos reinventado e dinamizador por toda a gente que se envolve neste projeto, que participa e que usufrui dele". Com palavras de reconhecimento, Diana Andrade reforçou o "papel fundamental de Lurdes Breda para o sucesso da iniciativa e pela forma como dignifica o concelho de Montemor-o-Velho”. 
 
Apesar de dedicada ao público mais jovem, a abertura do Munda fez as delícias a pequenos e graúdos. “Vitória, vitória, vamos contar uma história!”, contou com a participação de Susana Freitas, Sandra Meireles, Filipe Monteiro, Maria Conceição Vicente, Sílvia Mota Lopes e Maria Sousa. 
A tarde de sábado trouxe “Prosas d’outono” e “Poesia ao Piano”. À noite, a Igreja de Santa Maria de Alcáçova, no Castelo de Montemor-o-Velho, acolheu “Trovas Lusófonas”, um momento onde as histórias se cruzaram com a música e a dança. No alto do imponente Castelo de Montemor ouviram-se histórias de outros tempos, dos campos, das famílias, das tradições e do Baixo Mondego. A voz e a mestria do contador de histórias José Craveiro encantaram o muito público presente. 
Domingo, o Munda viajou pelos "Trilhos Literários" da União de Freguesias de Abrunheira, Verride e Vila Nova da Barca, com espaço para alguns “Versos e Flores à Musa do Munda”. De regresso à Biblioteca Municipal Afonso Duarte, houve lugar à abertura da exposição de fotografia “Montemor em imagens” de Pedro Mota e a dois animados painéis de discussão, conversas e confissões. Mário Zambujal, Rui Zink e Gabriela Sotto Mayor, com moderação de Glória Bastos (Universidade Aberta), abriram as hostes e integraram o primeiro painel de debate. 
O segundo painel teve como autores convidados João Tordo, Ana Margarida de Carvalho e Lemos Djata e contou com moderação de Ana Margarida Ramos (Universidade de Aveiro).  
“Munda Lusófono – 3º Encontro Literário de Montemor-o-Velho” é um evento organizado pela Câmara Municipal de Montemor-o-Velho, através da Biblioteca Municipal Afonso Duarte, com a coordenação da escritora Lurdes Breda.

Saber...