Face à iminente entrada de Montemor-o-Velho na lista dos concelhos com risco elevado de contágio e apesar de ter mantido a reserva que foi imposta para não divulgar os números de infetados até à presente data, entendo que, face ao interesse público de informação e alerta à população para o cumprimento rigoroso das medidas de segurança e prevenção do contágio da COVID19, devemos passar a informar os números globais de infetados no concelho e os números de casos ativos, à medida que esses dados forem disponibilizados pelas entidades oficiais.
 
Peço a toda a população do concelho de Montemor-o-Velho para, face à gravidade da situação, cumprir as medidas de segurança e prevenção que têm vindo a ser divulgadas insistentemente nos nossos canais de comunicação.
 
Pelo Futuro de todos nós, seja prudente! Prevenir o contágio é um dever de todos: proteja-se a si e aos outros.
 
Emílio Torrão.
O Balcão Único do Município de Montemor-o-Velho continua a trabalhar para si! Para reduzir os riscos de exposição e contágio à epidemia COVID-19 e no melhor interesse de todos, este serviço de atendimento mantém-se aberto e em funcionamento, devendo, sempre que possível, o atendimento ser previamente agendado. 
 
Para contactar com os serviços camarários, os Munícipes devem privilegiar a utilização das plataformas on line (serviços online em https://servicosonline.cm-montemorvelho.pt, formulários disponíveis em https://www.cm-montemorvelho.pt/index.php/servicos-online-imunicipio/formularios), ou outros meios não presenciais, como o contacto via telefone (239 687 300) ou e-mail Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.. Os pagamentos devem ser feitos, de preferência, por multibanco ou transferência bancária.
 
Para segurança de todos, o atendimento presencial obedece a normas de segurança, no âmbito do combate à Covid19, tais como o uso obrigatório de máscara, tanto por trabalhadores como por munícipes que se desloquem à Câmara, o registo das pessoas que acedem aos serviços e a desinfeção das mãos e equipamentos. 
 
Por forma a garantir as normas de distanciamento físico, o atendimento fica limitado a uma pessoa por posto de atendimento, sendo que apenas podem estar duas pessoas em simultâneo no Balcão Único (excluindo-se os trabalhadores municipais), salvo nas situações que exigem a presença de terceiros, permanecendo no local apenas pelo tempo estritamente necessário, devendo os restantes aguardar no exterior do espaço, em fila ordenada na rampa de acesso, respeitando sempre o respetivo distanciamento físico de 2 metros entre as pessoas.
 
Profissionais de saúde, elementos das forças de serviços de segurança, de proteção e socorro, pessoal das forças armadas e de prestação de serviços de apoio social terão prioridade no atendimento.
 
A limpeza e higienização dos espaços de atendimento entre utentes é garantida.
 
 
 
 
A Câmara Municipal de Montemor-o-Velho está a trabalhar, em permanência, no sentido de serem tomadas todas as medidas que, a cada momento e de acordo com instruções da Direção Geral de Saúde, se afigurem necessárias de modo a prevenir o alastramento desta epidemia. Estamos totalmente empenhados naquilo que neste momento é mais importante: prevenir e assegurar a saúde e a proteção, a todos os níveis, da nossa população.
Sublinhamos que é fundamental o cumprimento das medidas de prevenção recomendadas - uso da máscara, lavar e higienizar frequentemente as mãos, distanciamento físico e adoção das medidas de etiqueta respiratória.
 
Seja um agente de saúde pública. Proteja-se a si e aos outros.
 
 

Não leve a COVID19 para casa. Seja consciente.

 
Está nas nossas mãos travar o avanço da COVID19!
 
Minimize o risco de transmissão da doença com alguns gestos:
⚠️ Deixe os sapatos à entrada de casa;
⚠️ Coloque as chaves e a carteira numa caixa na entrada;
⚠️ Lave as mãos e, se possível, tome um banho;
⚠️ Desinfete o telemóvel;
⚠️ Coloque a roupa para lavar de preferência a 60º.
 
Cuide de si, cuide de todos!
 
#montemorovelho #mmv #covid19 #montemorficaemcasa #Sejaumagentedasaúdepública #EstamosOn #UmConselhodaDGS
Todos os dias são importantes para recordar que está literalmente nas nossas mãos travar o avanço da COVID19.
 
Continue a proteger-se com as armas que temos para vencer o coronavírus:
 
⚠️ Sempre que sair de casa, mantenha o distanciamento físico das outras pessoas.
 
⚠️ Use máscara de proteção.
 
⚠️ Continue a pôr em prática as regras de etiqueta respiratória.
 
⚠️ Reforce a higienização das mãos.
 
 
Cuide de si, cuide de todos!
 
#montemorovelho #mmv #covid19 #montemorficaemcasa #Sejaumagentedasaúdepública #EstamosOn #UmConselhodaDGS #Saúde #SNS #LavagemdasMãos

Só juntos poderemos travar o avanço da COVID19!

 

Continue a proteger-se com as armas que temos para vencer o coronavírus:


⚠️ Sempre que sair de casa, mantenha o distanciamento físico das outras pessoas.


⚠️ Use máscara de proteção.


⚠️ Continue a pôr em prática as regras de etiqueta respiratória.


⚠️ Reforce a higienização das mãos.

 

Cuide de si, cuide de todos!

#montemorovelho #mmv #covid19 #montemorficaemcasa#Sejaumagentedasaúdepública #EstamosOn #UmConselhodaDGS#Saúde #SNS #LavagemdasMãos

Tem mais de 65 anos e reside no concelho de Montemor-o-Velho? Vacine-se, gratuitamente, contra a gripe sazonal numa farmácia perto de si.
 
O Município de Montemor-o-Velho vai suportar o preço da administração da sua vacina numa das farmácias aderentes: 
Farmácia Dias Amaral (Arazede) | 239 607 903 | 924 406 954
Farmácia Oliveira Ribeiro (Bunhosa, Arazede) | 239 609 302 | 967 753 071
Farmácia Ferrão (Carapinheira) | 239 629 119 | 914 178 282
Farmácia Dionísio (Montemor-o-Velho) | 239 689 203 | 913 759 823
Farmácia Nuno Álvares (Montemor-o-Velho) | 239 680 143 | 914 550 629
Farmácia Central (Pereira) | 239 645 236 | 968 591 870
Farmácia Ângelo (Seixo de Gatões) | 239 621 355 | 919 569 724
 
Evite deslocações e faça a sua reserva por telefone.
Este é mais um esforço adicional que o Município de Montemor-o-Velho empreende no combate à pandemia provocada pela COVID19.
 
 
 
 
Amanhã há Feira Quinzenal em Montemor-o-Velho.
Não se esqueça que é obrigatório o uso de máscara, manter o distanciamento físico recomendado e as regras de etiqueta respiratória. Deve reforçar a higienização das mãos e não pode tocar ou manusear os produtos expostos. Conheça todas as medidas de segurança tomadas no funcionamento da Feira Quinzenal e que pretendem ajudar a prevenir a Covid-19 no Edital nº 110/2020 em https://www.cm-montemorvelho.pt/.../Edital-110-2020.pdf
Apela-se a toda a população para que tenha especial cuidado e cumpra as medidas de segurança.
Evite ajuntamentos e comportamentos de risco. A segurança e a prevenção começam em cada um de nós.

Está nas nossas mãos travar o avanço da COVID19 e não podemos facilitar!

 
Proteja-se com as armas que temos para vencer o coronavírus:
 
⚠️ Sempre que sair de casa, mantenha o distanciamento físico das outras pessoas.
 
⚠️ Use máscara de proteção.
 
⚠️ Continue a pôr em prática as regras de etiqueta respiratória.
 
⚠️ Reforce a higienização das mãos.
 
 
Cuide de si, cuide de todos!
 
 
 
#montemorovelho #mmv #covid19 #montemorficaemcasa #Sejaumagentedasaúdepública #EstamosOn #UmConselhodaDGS

A máscara é essencial para travar o avanço da COVID19.

Não facilite... use-a! Não se esqueça que a máscara agora é obrigatória na via pública para pessoas a partir dos 10 anos sempre que o distanciamento físico recomendado se mostre impraticável.

 

Proteja-se com as armas que temos para vencer o coronavírus:

⚠️ Sempre que sair de casa, mantenha o distanciamento físico das outras pessoas.

⚠️ Use máscara de proteção.

⚠️ Continue a pôr em prática as regras de etiqueta respiratória.

⚠️ Reforce a higienização das mãos.

 

Cuide de si, cuide de todos!

 

#montemorovelho #mmv #covid19 #montemorficaemcasa #Sejaumagentedasaúdepública #EstamosOn #UmConselhodaDGS

 

A circulação entre concelhos está proibida entre as 0h do dia 30 de outubro e as 6h do dia 3 de novembro, não sendo permitida a circulação para fora do concelho de residência habitual salvo por motivos de saúde ou de urgência imperiosa.
 
Esta restrição não se aplica:
  • Aos profissionais de saúde e outros trabalhadores de instituições de saúde e de apoio social, bem como ao pessoal docente e não docente dos estabelecimentos escolares;
  • Aos agentes de proteção civil, às forças e serviços de segurança, militares, militarizados e pessoal civil das Forças Armadas e aos inspetores da ASAE;
  • Aos titulares de cargos políticos, magistrados e dirigentes dos parceiros sociais e dos partidos políticos representados na Assembleia da República;
  • Aos ministros de culto, mediante credenciação pelos órgãos competentes da respetiva igreja ou comunidade religiosa;
  • Ao pessoal de apoio dos órgãos de soberania e dos partidos com representação parlamentar, desde que comprovado o respetivo vínculo profissional;
  • Às deslocações para efeitos de atividades profissionais ou equiparadas, desde que:
    • Prestem declaração, sob compromisso de honra, se a deslocação se realizar entre concelhos limítrofes ao da residência habitual ou na mesma Área Metropolitana;
    • Ou estejam munidos de uma declaração da entidade empregadora, se a deslocação não se circunscrever às áreas definidas na subalínea anterior.
  • Às deslocações de menores e seus acompanhantes para estabelecimentos escolares, creches e atividades de tempos livres, bem como às deslocações de estudantes para instituições de ensino superior ou outros estabelecimentos escolares;
  • Às deslocações dos utentes e seus acompanhantes para Centros de Atividades Ocupacionais e Centros de Dia;
  • Às deslocações para a frequência de formação e realização de provas e exames, bem como de inspeções;
  • Às deslocações para participação em atos processuais junto das entidades judiciárias ou em atos da competência de notários, advogados, solicitadores, conservadores e oficiais de registos, bem como para atendimento em serviços públicos, desde que munidos de um comprovativo do respetivo agendamento;
  • Às deslocações necessárias para saída de território nacional continental;
  • Às deslocações de cidadãos não residentes para locais de permanência comprovada;
  • Às deslocações para assistir a espetáculos culturais, se a deslocação se realizar entre concelhos limítrofes ao da residência habitual ou na mesma Área Metropolitana e desde que munidos do respetivo bilhete;
  • Ao retorno à residência habitual.
 

Saber...