Para se proteger a si e aos outros é fundamental o cumprimento das medidas de prevenção recomendadas:

  • Lave as mãos frequentemente com água e sabão, durante pelo menos 20 segundos, ou com solução anti-séptica de base alcoólica;
  • Use máscara
  • Adote medidas de etiqueta respiratória: ao tossir ou espirrar, tape a boca e o nariz com a dobra do cotovelo ou com um lenço ou guardanapo de papel, que deverá ser deitado para o lixo de imediato, devendo lavar as mãos de seguida;
  • Mantenha a distância física de segurança;
  • Reforce os cuidados de higiene;
  • Evite cumprimentar, com beijos, abraços ou apertos de mão, outras pessoas;
  • Qualquer suspeita (sintomas de febre, tosse, dor de garganta, dores musculares, dor no peito, dores articulares ou diarreia e contacto com infetado ou em caso de ter estado em países de risco) deve ser comunicada à linha Saúde24 (808 24 24 24).

 

 

 

 

Leia o folheto informativo que preparámos para si: 

 

Mais informações no site da DGS em https://covid19.min-saude.pt 

O Balcão Único do Município de Montemor-o-Velho tem recebido, nos últimos dias, uma média superior a uma centena de Munícipes. Para reduzir os riscos de exposição e contágio à epidemia COVID-19 e no melhor interesse de todos, este serviço de atendimento vai manter-se aberto e em funcionamento, devendo ser procurados pelos Munícipes apenas para situações urgentes, sendo limitada a permanência ao número de postos de atendimento disponíveis. 
 
Para contactar com os serviços camarários, os Munícipes devem privilegiar a utilização das plataformas on line (serviços online em https://servicosonline.cm-montemorvelho.pt, formulários disponíveis em https://www.cm-montemorvelho.pt/index.php/servicos-online-imunicipio/formularios), ou outros meios não presenciais, como o contacto via telefone (239 687 300) ou e-mail Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.. Os pagamentos devem ser feitos, de preferência, por multibanco ou transferência bancária.
 
A Câmara Municipal de Montemor-o-Velho está a trabalhar, em permanência, no sentido de serem tomadas todas as medidas que, a cada momento e de acordo com instruções da Direção Geral de Saúde, se afigurem necessárias de modo a prevenir o alastramento desta epidemia. Estamos totalmente empenhados naquilo que neste momento é mais importante: prevenir e assegurar a saúde e a proteção, a todos os níveis, da nossa população.
Sublinhamos que é fundamental o cumprimento das medidas de prevenção recomendadas - adotar medidas de etiqueta respiratória, lavar as mãos frequentemente e evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória - e qualquer suspeita deve ser comunicada nos termos descritos pela DGS: www.dgs.pt/corona-virus.aspx
Seja um agente de saúde pública. Proteja-se a si e aos outros.

Num momento em que a prevenção e a adoção de atitudes e comportamentos de etiqueta respiratória e de higienização são fundamentais para precaver os riscos de contágio do COVID-19, doença hoje elevada à categoria de pandemia pela Organização Mundial de Saúde, o Município de Montemor-o-Velho promoveu, esta quarta-feira, duas sessões de esclarecimento, em conjunto com as Autoridades de Saúde Locais, para as Juntas e Uniões de Freguesias, o tecido associativo, IPSS’s e para os participantes no Festival do Arroz e da Lampreia.

“Não temos, até ao momento, nenhum caso declarado no concelho”, avançou o Presidente da Câmara Municipal de Montemor-o-Velho que reiterou a necessidade do "concelho de Montemor estar salvaguardado”. Para tal, sublinhou Emílio Torrão, é importante que “as pessoas estejam conscientes e se saibam prevenir”, daí a importância de medidas assertivas em prol da defesa dos cidadãos e de continuar a esclarecer a comunidade.

Os delegados de saúde em exercício, Carlos Rosete e José Aníbal Barreiros, alertaram para a necessidade de “assumir a responsabilidade de nos protegermos e de protegermos os outros”, tomando as medidas preventivas de etiqueta respiratória, de higienização das mãos e das superfícies e de algum distanciamento social, bem como seguir as informações emitidas pela Direção Geral de Saúde. "É uma responsabilidade da comunidade”, avisaram.

Na sequência da reunião conjunta dos Municípios da CIM-Região de Coimbra onde ficou decidido uniformizar um conjunto de recomendações de resposta ao COVID-19, das orientações emitidas pela Direção Geral de Saúde e pelas autoridades de saúde locais, da avaliação de risco e do desenvolvimento da situação do estado epidémico, apesar de, até ao momento, não se conhecer nenhum caso de contágio no concelho, o Presidente da Câmara Municipal de Montemor-o-velho, para salvaguarda da saúde pública da população residente no concelho e dos trabalhadores do Município, determinou:
  • Encerrar as Piscinas Municipais, o Pavilhão Municipal, a Biblioteca, o Centro Náutico e o Posto de Turismo do Castelo;
  • Suspender a realização de eventos em equipamentos municipais;
  • Suspender a realização da feira quinzenal de Montemor-o-Velho;
  • Incentivar à não realização de feiras realizadas por outras entidades cuja abrangência não seja de cariz local;
  • Realizar ações de sensibilização e esclarecimento para as IPSS e Associações, bem como Presidentes e Dirigentes Municipais, com a presença das autoridades de saúde locais;
  • Incentivar os Munícipes a utilizar as plataformas on line, ou outros meios que não presenciais, para contactar com os serviços camarários, ou efetuar qualquer pagamento, bem como restringir o acesso a todos os locais de atendimento ao público do município, com aglomerado ou ajuntamento de pessoas nos mesmos, ficando o atendimento limitado ao número de postos de atendimento disponíveis;
  • Proceder ao reforço da higienização e dos produtos a utilizar nos locais de acesso público do Município e sanitários dos edifícios municipais;
  • Sensibilizar as juntas de freguesias para o incentivo de formas alternativas ao atendimento presencial;
  • Sensibilizar as entidades para a não realização de eventos nos espaços públicos, ou privados, que impliquem aglomerados ou ajuntamento de pessoas.

Estas medidas podem ser reavaliadas a qualquer momento tendo em atenção a alteração superveniente das circunstâncias.

O Presidente da Câmara Municipal de Montemor-o-Velho, Emílio Torrão, aprovou hoje, 6 de março, o Plano de Contingência - Coronavírus COVID-19, com base nas recomendações da Direção-Geral da Saúde (DGS) e nos termos do Despacho n.º 2836-A/2020 - Diário da República n.º 43/2020 emitido pelas ministras da Saúde, do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social e da Saúde.


Esta medida surge com o objetivo de fazer face à propagação da infeção humana pelo coronavírus COVID-19 e de proteger a saúde de todos quantos trabalham e frequentam os serviços municipais e também daqueles que vivem e visitam o concelho de Montemor-o-Velho.


Evolutivo e de cariz operacional, o plano pretende antecipar e gerir o impacto do COVID-19, tendo o objetivo estratégico de garantir a continuidade do funcionamento dos vários serviços municipais.


O documento estabelece os procedimentos de decisão e coordenação das ações ao nível do Município considerando três níveis de resposta - monitorização, alerta, recuperação - que serão ativados em função do impacto da propagação vírica.


Para cada um destes níveis foram definidas medidas de resposta que integram a vigilância, medidas de controle de infeção, assistência, vigilância sanitária, comunicação de risco ou previsão de cenário de teletrabalho.


Para além do Plano foi ainda elaborado um folheto com as medidas de prevenção e atuação rápida de higienização e auto-proteção, implementadas com base nas recomendações da DGS.


A Autarquia elaborou ainda um plano de contingência autónomo para o Festival do Arroz e da Lampreia.


Sublinhamos que é fundamental o cumprimento das medidas de prevenção recomendadas - adotar medidas de etiqueta respiratória, lavar as mãos frequentemente e evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória - e qualquer suspeita deve ser comunicada nos termos descritos pela DGS: www.dgs.pt/corona-virus.aspx

 

Consulte o Plano de Contingência e a Adenda ao Plano aqui.

 

Pág. 32 de 32

Saber...