Todos contributos são importantes para fazer frente à pandemia.
A empresa Eixorientador, Lda., da Mealhada, no seguimento da sua política de responsabilidade social, também fez questão de se associar ao combate ao COVID-19 e, para o efeito, doou 110 almofadas ao Município de Montemor-o-Velho.
No âmbito do período especial que se atravessa, o material disponibilizado vai, por exemplo, ser usado nos Centros de Acolhimento Temporário que a Autarquia montemorense está a preparar.
 
Recordamos que este espaço é dedicado a divulgar todas as boas práticas implementadas pelas empresas do nosso concelho. Se tem uma empresa e tem uma resposta social para fazer face à pandemia da COVID-19, envie-nos um email para Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar., para que a possamos divulgar.
 
No âmbito do combate à COVID-19, a MICROplásticos S.A, da Figueira da Foz, também dá o seu contributo no combate à pandemia e ofereceu 100 viseiras de proteção ao Município de Montemor-o-Velho.
 
Recordamos que este espaço é dedicado a divulgar todas as boas práticas implementadas pelas empresas do nosso concelho. Se tem uma empresa e tem uma resposta social para fazer face à pandemia da COVID-19, envie-nos um email para Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar., para que a possamos divulgar.
De Montemor-o-Velho chega mais um exemplo de solidariedade em tempos de pandemia.
 
A Best Shoes - Corte e Costura de Calçado não ficou indiferente ao esforço dos profissionais de saúde e está, desde o dia 6 de abril, a fabricar cobre-botas e cógulas (capuzes cirúrgicos).
Os EPI’s (Equipamentos de Proteção Individual) vão ser usados pelos profissionais de saúde do Hospital dos Covões.
 
Recordamos que este espaço é dedicado a divulgar todas as boas práticas implementadas pelas empresas do nosso concelho. Se tem uma empresa e tem uma resposta social para fazer face à pandemia da COVID-19, envie-nos um email para Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar., para que a possamos divulgar.
A delegação da Cruz Vermelha da Carapinheira efectuou esta manhã o transporte de um utente com problemas de carência social e económica para a realização de teste de diagnóstico à Covid19. Considerando a situação vulnerável do utente, a delegação Carapinheirense da CVP fez o transporte graciosamente, numa enorme demonstração de solidariedade social para com a comunidade e num exemplar cumprimento da sua missão.
 
Recordamos que este espaço é dedicado a divulgar todas as boas práticas implementadas pelas empresas do nosso concelho. Se tem uma empresa e tem uma resposta social para fazer face à pandemia da COVID-19, envie-nos um email para Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar., para que a possamos divulgar.

Mantenha-se activo enquanto permanece no seu domicílio. Faça a segunda aula preparada especialmente para enfrentar a pandemia com energia redobrada. 

Siga o nosso conselho, pratique exercício e viva saudável… em casa!

 

 

 
 
No seguimento das medidas de combate à COVID-19, o Instituto Nacional de Estatística (INE, no âmbito do Recenseamento Agrícola 2019 (RA 2019), vai passar a recolher os dados por entrevista telefónica.
Neste sentido, “O INE agradece antecipadamente a colaboração dos/as Agricultore/as nesta nova forma de resposta à distância”.
 
Saiba mais em www.ine.pt

A Câmara Municipal de Montemor-o-Velho, através do Serviço Municipal de Proteção Civil, encontra-se a preparar dois Centros de Acolhimento Temporário (CAT) e um Centro de Apoio Logístico (CAL) para fazer face à pandemia da COVID-19.

A funcionar em algumas das salas do Centro Educativo de Montemor-o-Velho e no pavilhão multiusos da escola sede do AEMOV – Agrupamento de Escolas de Montemor-o-Velho, os dois CAT vão estar preparados para acolher, temporariamente, pessoas não contaminadas com COVID-19 provenientes de lares e IPSS’s do concelho, tendo a capacidade para acomodar até 25 pessoas com mobilidade reduzida e 80 pessoas com mais autonomia.

A Autarquia liderada por Emílio Torrão está ainda a preparar um CAL com capacidade para 50 camas prontas para servir os profissionais e operacionais ao serviço no concelho.

“Estamos perante um tempo de exceção e, por isso, continuamos, com determinação, a trabalhar todos os dias em prol da proteção e segurança de todos os Munícipes”, referiu o edil montemorense, no decorrer da visita técnica realizada com Delegado de Saúde aos três espaços, no dia 7 de abril.

Com palavras de incentivo e de agradecimento “a todos os que diariamente contribuem para combater a pandemia, desde os munícipes que dão o exemplo e cumprem o distanciamento social até todos aqueles que estão na linha da frente a combater o vírus”, o Presidente da Câmara Municipal de Montemor-o-Velho sublinhou: “Estamos todos a dar o nosso melhor e, neste sentido, desejo que as camas, os colchões, os lençóis ou os cobertores não cheguem a ser usados”.

“Tenho a certeza que o nosso forte espírito de comunidade e a nossa capacidade de reagir ao desconhecido são armas que nos vão ajudar a vencer a COVID-19. Esta é uma luta com várias frentes de batalha e que nos impele a sermos maiores que a soma das nossas vontades”, reforçou.

Recorda-se que durante o fim-de-semana o trabalho de preparação dos centros decorreu com a preparação de mais de uma centena de camas de campanha e a recuperação de 23 camas articuladas, de modo a responder a qualquer evacuação no concelho que possa vir a ser necessária.

 

A DIVA – Cerveja Artesanal, um projeto de Óscar Gomes, natural da freguesia de Liceia, associou-se ao combate à COVID-19 e ofereceu 300 litros de ácido peracético já diluído de modo a ser usado na limpeza e desinfeção de superfícies.

Assim, o produtor de cerveja artesanal vem dar mais um contributo para travar o avanço da pandemia, fazendo com que o produto usado para desinfetar os equipamentos usados na produção de cerveja artesanal possa ser usado na higienização de diversos tipos de superfícies.

 

Recordamos que este espaço é dedicado a divulgar todas as boas práticas implementadas pelas empresas do nosso concelho. Se tem uma empresa e tem uma resposta social para fazer face à pandemia da COVID-19, envie-nos um email para Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar., para que a possamos divulgar.

De forma a evitar deslocações desnecessárias e apoiar o comércio local, o Município de Montemor-o-Velho lançou hoje a plataforma digital Compra Cá Dentro.

Acessível através da página http://compracadentro.cm-montemorvelho.pt, a plataforma agora criada permite consultar e entrar em contacto com os estabelecimentos comerciais do concelho de Montemor-o-Velho que dispõem de serviços à população neste período de emergência, no âmbito da COVID-19. 

A página resulta de um levantamento feito, em tempo recorde, pela Câmara Municipal de Montemor-o-Velho em colaboração com as Juntas de Freguesia do concelho. 
 
“Queremos que os Munícipes continuem a proteger-se ficando em casa, mas também queremos que façam as suas compras no comércio local concelhio. Essa foi a base de partida desta plataforma digital”, recordou Emílio Torrão. O presidente da Câmara Municipal de Montemor-o-Velho, que acredita que, "depois da pandemia, o paradigma do comércio vai mudar e, nesse sentido, o Município de Montemor continua na linha do progresso”, deixa um apelo aos empresários locais para que "informem dos serviços que têm disponíveis para que possam estar, também, unidos nesta nossa plataforma”.
 
Na “Compra cá dentro” pode ficar a saber os estabelecimentos do comércio local que continuam abertos, qual o serviço que estão a prestar nesta fase, os contactos, o tempo de entrega e a forma de pagamento. A informação está agrupada por freguesia e por setor de atividade. Nesta primeira fase, estão elencadas as empresas que fornecem bens essenciais (supermercados e mini mercados, restaurantes em take away, farmácias, mercearias, padarias, papelarias, talhos e peixarias), mas é intenção do Município de Montemor-o-Velho alargar o diretório a todo o comércio local concelhio.
 
Para Emílio Torrão, esta é uma demonstração de que “a crise também pode criar oportunidades e ideias positivas. Estou certo que a “Compra cá dentro” vai marcar a dinâmica comercial no concelho de Montemor-o-Velho no futuro.”
 
A recomendação é para ficar em casa, porém é fundamental criar algumas rotinas e combater a pandemia que estamos a enfrentar com ânimo e energias redobradas. No dia Mundial da Atividade Física, a Câmara Municipal de Montemor-o-Velho, a pensar nas centenas de Seniores em Movimento que se vêm privados das suas divertidas e revigorantes aulas de atividade física gratuitas, preparou, em formato vídeo, planos de exercícios exemplificados pelos professores de desporto da autarquia montemorense.
Os exercícios podem ser feitos pelas várias faixas etárias e foram idealizados para serem feitos em casa.
No combate à COVID-19 todas as ações são importantes e o exercício pode ser um poderoso aliado. Mesmo à distância o exercício pode continuar!
Siga o conselho da Câmara Municipal de Montemor-o-Velho a “Viver Saudável...em casa!”

Saber...