Perante este tempo de exceção que o Mundo atravessa, o Município de Montemor-o-Velho não baixa os braços e continua, com determinação, a trabalhar todos os dias em prol da proteção e segurança de todos os Munícipes.
Acompanhe o trabalho que o Serviço Municipal de Proteção Civil de Montemor-o-Velho está a desenvolver na preparação de 2 centros de acolhimento para fazer face à pandemia do coronavírus.
Com a finalidade de receberem, temporariamente, pessoas não contaminadas com COVID-19 provenientes de lares e IPSS’s do concelho, estes dois centros terão capacidade para até 25 pessoas com mobilidade reduzida e 80 pessoas com mais autonomia.
A Autarquia liderada por Emílio Torrão está ainda a preparar um terceiro centro de acolhimento com 50 camas para profissionais / operacionais.
Este fim-de-semana continua a recuperação de 23 camas articuladas e a preparação de mais de uma centena de camas de campanha para responder a qualquer evacuação no concelho que possa vir a ser necessária.
Estamos a fazer a nossa parte! Faça também a sua. Conter a pandemia está, também, nas suas mãos. Fique em casa!
 
#montemorovelho #mmv #covid19 #montemorficaemcasa

“Apostar na prevenção, mudar comportamentos e reforçar o sentido cívico de todos” foram alguns pressupostos avançados pelo presidente da Câmara Municipal de Montemor-o-Velho, Emílio Torrão, aquando da preparação da campanha de rua dirigida aos automobilistas.
“A luta contra a pandemia exige um esforço de todos e os efeitos da COVID-19, por muito que desejemos o contrário, vão continuar a fazer-se sentir durante muito tempo. Queremos relembrar que se todos fizermos a nossa parte será mais fácil”, reforçou.
Desde 31 de março, junto à rotunda do Tribunal e na rotunda Alves Barbosa, na ex-EN 111, a Câmara Municipal de Montemor-o-Velho concretiza mais esforço na contenção da COVID-19 e fortalece a mensagem de combate à doença: “Está nas suas mãos. Proteja-se a si e aos outros”.
Numa altura festiva e propícia às deslocações para passear ou para visitar a família e amigos, a campanha incentiva a que #Montemorficaemcasa e desafia os automobilistas a seguirem-lhe o exemplo.

COVID-19 | Montemor-o-Velho alerta automobilistas com outdoors

 
 
A situação epidemiológica vivida à escala global está a ser um desafio para todos. A aprendizagem, o ensino e a formação também não são alheios a estes desafios e, por isso, damos-lhe a conhecer uma empresa pertencente ao concelho de Montemor-o-Velho especializada em formação online.
A E-LEARN PT® – Formação à Distância e Consultoria está a promover uma campanha Ficaremcasa, até 15 de abril, com oferta de um vale de desconto.
Saiba mais em https://www.facebook.com/elearn.pt/photos/a.908302595905914/2737892916280197/?type=3&theater e em https://e-learn.pt.
 
Recordamos que este espaço é dedicado a divulgar todas as boas práticas implementadas pelas empresas do nosso concelho. Se tem uma empresa e tem uma resposta social para fazer face à pandemia da COVID-19, envie-nos um email para Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar., para que a possamos divulgar.
 

 

Ir à farmácia ou fazer as compras no supermercado para as necessidades do dia-a-dia foram algumas das atividades feitas pelos mais velhos que vieram ser alteradas pela COVID-19.
A pensar na segurança e bem-estar dos fregueses mais idosos, a União de Freguesias de Montemor-o-Velho e Gatões (UFMVG) preparou um serviço de entrega ao domicílio de alimentos e medicamentos para os seniores que não disponham de apoio familiar ou institucional.
Para solicitar o serviço, os contactos podem ser feitos por telefone - 239680353 ou 936738146 – por via correio eletrónico - Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. ou Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar..
Ainda no âmbito das medidas de combate à pandemia, a UFMVG procedeu ao encerramento dos cemitérios da sua área de jurisdição.
A medida entrou em vigor no dia 27 de março, sendo que os cemitérios serão abertos apenas para situações de natureza urgente e inadiável, nomeadamente funerais, pelo que estarão abertos pelo período estritamente necessário, não podendo ter mais de 20 pessoas presentes nas respetivas cerimónias fúnebres.

Recordamos que este espaço é dedicado a divulgar todas as boas práticas implementadas pelas empresas do nosso concelho. Se tem uma empresa e tem uma resposta social para fazer face à pandemia da COVID-19, envie-nos um email para Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar., para que a possamos divulgar.

 

 

Continuando uma atuação em proximidade e com o intuito de proteger e resguardar os seniores, a Junta de Freguesia da Carapinheira dá mais um exemplo de boa prática.

Entre 6 e 17 de abril, a Junta de Freguesia da Carapinheira vai providenciar o pagamento do Vale Postal – Reforma na residência dos seus fregueses – Pensionistas.

Para o efeito, é necessária marcação prévia através dos seguintes contactos:
Telefone: 239 629 176
Telemóvel: 938 271 601
Email: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Recordamos que este espaço é dedicado a divulgar todas as boas práticas implementadas pelas empresas do nosso concelho. Se tem uma empresa e tem uma resposta social para fazer face à pandemia da COVID-19, envie-nos um email para Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar., para que a possamos divulgar.

O Município de Montemor-o-Velho ativou hoje, dia 30 de março, às 10 horas, o Plano Municipal de Emergência e Proteção Civil e o Plano de Contingência Municipal para a COVID-19 devido à evolução da situação epidemiológica da pandemia da COVID-19 e à existência de 12 casos positivos confirmados no concelho. Esta medida visa conter possíveis cadeias de transmissão da pandemia da COVID-19 na comunidade, minimizando, assim, o perigo de contágio.
 
A Autarquia liderada por Emílio Torrão está a trabalhar na preparação de espaços municipais - centro educativo e pavilhão municipal -, que poderão acomodar idosos em caso de necessidade. “Estamos a preparar-nos e a equipar estes espaços com mais de uma centena de camas para podermos responder a esta situação de exceção”, salientou o presidente da edilidade.
 
Ainda esta semana, a Câmara Municipal, em colaboração com as Juntas de Freguesia, vai iniciar a higienização dos espaços mais frequentados do concelho de Montemor-o-Velho.
 
Os próximos dias e semanas vão ser extremamente desafiantes. Todos teremos de fazer a nossa parte. É hora de demonstrarmos, mais uma vez, a força de Montemor-o-Velho e a vontade de superar as dificuldades, protegendo-nos enquanto comunidade.” Emílio Torrão apelou ainda "a todos os munícipes para, com serenidade, seguirem as recomendações da Direção-Geral da Saúde e continuarem a cumprir os deveres cívicos. Estamos em Estado de Emergência e todos temos de fazer a nossa parte com disciplina e precaução. É vital ficar em casa, evitar deslocações que não sejam absolutamente necessárias e manter um distanciamento social. Só desta forma nos podemos proteger e proteger os outros.
 
Se estiver em isolamento social e for vítima de violência doméstica, envie sms para o número 3060. A chamada é gratuita e não fica registada na futura mensal.
Sob o mote "No isolamento estamos consigo, escreva quando não puder falar", o Governo disponibiliza, desde 27 de março, mais uma resposta de apoio às vítimas de violência doméstica.
A par do número 3060, pode ligar também para o telefone 800 202 148 ou enviar um email para Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar..
O município de Montemor-o-Velho também está desperto para esta problemática, encontrando-se, por isso, a desenvolver esforços, juntamente com a Segurança Social, a GNR, a AFMP, os serviços de saúde e as Juntas de Freguesia do concelho. Para o efeito, tem disponíveis a linha de apoio psicológico (930 409 595) e a linha de apoio social (930 409 584).
No concelho, pode também contactar a Associação Fernão Mendes Pinto (AFMP) – NAVVD do Baixo Mondego através dos seguintes contactos: 239 687 170, 969 571 742 ou 935 569 435.
Recorda-se que a violência doméstica assume a natureza de crime público e, neste sentido, qualquer cidadão pode denunciar alguma situação que tenha conhecimento às entidades competentes.
Veja em https://www.cig.gov.pt/2020/03/covid-19-seguranca-isolamento/ alguns conselhos de segurança para as vítimas, mas também alguns conselhos e recomendações para os vizinhos.
Faça sentir a sua presença e vigilância neste momento de isolamento social. Proteja as mulheres e as crianças no decorrer das medidas de contenção da COVID-19.
 
Contactos:
 
Estrutura para atendimento para vítimas de violência doméstica
Apoio CIG (Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género): telefone 800 202 148, Linha SMS: 3060, E-mail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
 
Coimbra | Associação Fernão Mendes Pinto – NAVV do Baixo Mondego 239 687 170 | 969 571 742 | 935 569 435
 
AMCV – Apoio a Vítimas de Violência Doméstica 213 802 160
APAV – Gabinetes de Apoio à Vítima 116 006
Quebrar o Silêncio – Apoio a Homens Vítimas de Violência Doméstica 910 846 586
 
Município de Montemor-o-Velho
Linha de Apoio Psicológico 930 409 595
Linha de Apoio Social 930 409 584
 
Saiba mais em:
https://www.cig.gov.pt/2020/03/covid-19-seguranca-isolamento/
 
 
No âmbito do combate à propagação da COVID-19, a ERSUC iniciou um plano de higienização de todos os ecopontos existentes nos 36 municípios onde opera.
A contribuição de todos é fundamental para combater o avanço da pandemia e, neste sentido, relembra-se que os recicláveis não devem ser deixados nos exteriores dos ecopontos, de modo a proteger também as equipas de recolha seletiva.
Recorda-se ainda que, desde o início da semana, a Câmara Municipal de Montemor-o-Velho reforçou as medidas de higienização com a desinfeção dos contentores de lixo do concelho.
 
Ajude-nos a travar a COVID-19 e cumpra as regras de manuseamento do lixo.
Cuide de si e dos outros.
Saiba mais em https://www.cm-montemorvelho.pt/index.php/municipio/comunicacao/item/4217-cumpra-as-regras-de-manuseamento-do-lixo-domestico-cuide-de-si-e-dos-outros?fbclid=IwAR2POmy2yDOsdIuTq7ghrkAg1y_EUCVAVtHmSqnjD47VKm-KM3CHDSv05qs
 
Fotografia gentilemente cedida pela ERSUC.
O Município de Montemor-o-Velho tem em curso um programa de apoio social, excecional e temporário, no âmbito das medidas relativas à situação epidemiológica da COVID-19.
 
“Estamos a acompanhar a situação com responsabilidade e estamos a criar respostas que vão de encontro às necessidades dos nossos munícipes, em especial dos que mais necessitam de apoio e se encontram em dificuldades.” Para tal, a autarquia liderada por Emílio Torrão iniciou esta semana a entrega de cabazes alimentares semanais a cerca de 60 crianças do escalão A do pré-escolar e 1º ciclo do ensino básico, bem como a famílias em situação de vulnerabilidade social.
 
Recorde-se que a Câmara Municipal de Montemor-o-Velho estava, desde a suspensão das atividades letivas e não letivas, a fazer a distribuição das refeições em cinco pontos de recolha, em colaboração com o Agrupamento de Escolas de Montemor-o-Velho, IPSS’s e juntas de freguesia, de forma a acautelar o serviço de prestação de apoios alimentares a alunos beneficiários do escalão A de Ação Social Escolar e minimizar as deslocações. Agora “vamos ainda mais longe, pensamos nos alunos e nas suas famílias, queremos que estejam seguros e que não passem dificuldades acrescidas”, acrescentou o edil montemorense.
 
Os encarregados de educação que pretendam, em algum momento, beneficiar deste serviço, e que cumpram os requisitos legais, devem solicitá-lo, via email, através do endereço eletrónico Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar., ou através do número telefónico 239 687 300 (extensão 4).
 
Paralelamente, a Câmara Municipal de Montemor-o-Velho está a trabalhar para acompanhar os cidadãos seniores mais dependentes, com doenças crónicas ou oncológicas e pessoas dependentes sem retaguarda familiar ou institucional.
 
Em funcionamento, 24 horas por dia, 7 dias da semana, está já a linha de apoio social, com o número 930 409 584. Para além de apoio e esclarecimento de dúvidas, esta linha permite, em situações de emergência e necessidade, apoiar na aquisição e entrega de medicação e outros bens, assim como de receituário em articulação com os serviços de saúde concelhios.
 
Ainda no que diz respeito aos seniores, o Município de Montemor-o-Velho tem vindo a fazer uma identificação rigorosa das situações de risco para criar um programa de apoio aos seniores que estão em situação de isolamento.
 
Paralelamente, a autarquia montemorense tem enviado informações à população sénior alertando para a necessidade de adoção de medidas de etiqueta respiratória, higiene e necessidade de permanecerem em casa.
 
O Município está, também, a atribuir equipamentos de teleassistência em situações de isolamento social e com graves problemas de saúde, assim como a desenvolver esforços, juntamente com a Segurança Social, a GNR, a AFMP, os serviços de saúde e as Juntas de Freguesia do concelho, para proteger as vítimas de violência doméstica.
 
Outra das medidas adoptadas pelo Município de Montemor-o-Velho para fazer face à pandemia de COVID-19 e que visa ajudar a comunidade num momento difícil e exigente psicologicamente, é a disponibilização de uma linha de apoio psicológico que garanta apoio psicossocial especialmente a idosos, doentes crónicos e famílias em situação de vulnerabilidade social. Através do número 930 409 595, a Câmara de Montemor-o-Velho vai monitorizar situações de isolamento e, simultaneamente, procurar proporcionar algum conforto aos munícipes, ajudando-os a sentirem-se socialmente integradas no decorrer deste período de crise.
 
Para Emílio Torrão, "o apoio social às famílias foi sempre uma prioridade deste executivo. Num momento como o que estamos a atravessar, é ainda mais premente criar soluções e respostas, de acordo com as recomendações da Autoridade de Saúde Local e em estreita articulação com as Juntas de Freguesia, IPSS’s e outras entidades concelhias, para reforçar o auxílio aos que se encontram numa situação de maior fragilidade. Apelo a todas as pessoas para nos ajudarem nesta tarefa e se conhecerem alguém que precise de ajuda entrem em contacto connosco.”
 
A partir de sexta-feira, dia 27 de março, o Cemitério Municipal de Montemor-o-Velho estará encerrado, à exceção de situações de carácter urgente e inadiável, nomeadamente funerais.
Nesta situação, o cemitério será aberto pelo período estritamente necessário, não podendo exceder o máximo de 20 pessoas.
A medida visa reforçar as medidas de prevenção e contenção da pandemia do novo coronavírus.
 

Saber...